Quinta, 19 de Maio de 2022
22°

Alguma nebulosidade

Manaus - AM

Segurança Acre

Apenado de Tarauacá é aprovado na Ufac

Após realização da aplicação de provas do Exame Nacional do Ensino Médio para pessoas privadas de liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua...

05/03/2022 às 16h50
Por: Rosangela França Fonte: Secom Acre
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Acre
Foto: Reprodução/Secom Acre

Após realização da aplicação de provas do Exame Nacional do Ensino Médio para pessoas privadas de liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (ENEM PPL/21). O Instituto Socioeducativo do Acre (ISE/AC) divulgou a aprovação de um de seus inscritos no certame.

Aprovação é resultado da união de esforços entre Governo do Estado e equipe do Iapen. Foto: Iapen/AC.
Aprovação é resultado da união de esforços entre Governo do Estado e equipe do Iapen. Foto: Iapen/AC.

O preso Paulo Ricardo Machado Lacerda, da unidade prisional de Tarauacá foi aprovado na Universidade Federal do Acre (Ufac) para o curso de Engenharia Florestal, campus de Cruzeiro do Sul, ficando em vigésimo quinto lugar em sua classificação geral.

Francisca Luciana da Silva coordenadora técnica e pedagoga do sistema prisional de Tarauacá. Realizou a inscrição de 38 detentos, Paulo Ricardo alcançou nota favorável e foi inscrito no  Sistema de Seleção Unificada (Sisu) alcançando a tão sonhada vaga.

Luciana destaca que o propósito de se inscrever os detentos no Exame Nacional do Ensino Médio, traz aos mesmos a oportunidade de continuarem seus estudos, além de possibilitar também a reinserção destes na sociedade.

“ Nosso objetivo maior é oportunizar o preso a dar continuidade na sua vida estudantil, e também a oportunidade da ressocialização. Porque sabemos que hoje ele está aqui conosco, mas amanhã vai estar na sociedade convivendo com todos,” explicou.

Para o presidente do Iapen, Arlenilson Barbosa a aprovação do apenado, demonstra o esforço do Governo do Estado, da equipe do Iapen, e de várias parcerias como com a Secretaria Estadual de Educação, o que proporcionou o aumento de 43,69% o número das atividades educacionais do instituo, segundo o Sistema de Informações do Departamento Penitenciário Nacional (SISDEPEN). “São números significativos, a educação é fundamental para o processo de ressocialização e reintegração que é o nosso objetivo, devolver à sociedade um indivíduo melhor, essa é a finalidade do sistema, não ser só um sistema que pune, mas que ressocializa e integra,”explica.

O presidente também destacou a importância da ordem e da disciplina do sistema prisional para que sejam implementadas tais ações de ressocialização. “É preciso ter um ambiente controlado, com ordem, com disciplina, e é isso que a gente vem realizando durante esses anos, hoje nós temos um sistema padrão de ordem que possibilita essas ações de ressocialização, esse é o nosso objetivo, resssalta.”

Cléber Lacerda, irmão de Paulo Ricardo, falou da satisfação da família quanto à sua aprovação, o que demonstra a busca de novas oportunidades. “Estamos muito felizes por essa conquista, pois ele está tentando buscar um caminho melhor mesmo hoje não se encontrando liberdade,”afirmou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias